Pretos no Post-punk, gótico e shoegaze!

Resultado de imagem para goth so white O que o post-punk, o gótico e o shoegaze tem em comum?


Além de terem surgido no Reino Unido durante meados dos anos 80, os três estilos possuem linhas de influência musical
em comum, mas também uma postura introspectiva, minimalista e melancólica que transcende o gênero musical.


Porém, quando se fala de post-punk, gótico e shoegaze, algumas imagens se formam na cabeça, sempre vinculadas a memória afetiva de filmes, videos clipes e bandas dos anos 80/90 que continuam marcando presença nas festas destinadas a lembrar o melhor desse período.


Por motivos óbvios, essas imagens envolvem estereótipos do que é ser um "jovem gótico", por exemplo. E esses
estereótipos continuam convivendo conosco e muitas vezes nos impedindo de nos envolver mais abertamente
com a cena gótica que ainda existe, inclusive no Brasil.


Mas esta publicação (a primeira do blog) não é destina a falar sobre os estereótipos que nos afastam da identidade
estética do estilo, mas sim para contar que sempre estivemos presente na cena gótica/post-punk, desde os seus
idos e ainda produzindo som de qualidade.


Por isso, segue uma listinha com 17 bandas formadas totalmente ou parcialmente por músicos negros:


A Certain Ratio
Formada em 1977, em Manchester, a banda mistura post-rock, funk, dance, punk e música latina, produzindo um som único
e dançante. Foi um dos grandes nomes a fazer parte da gravadora Factory Records, entre bandas como Joy Division e
New Order. A banda continua na ativa até os dias de hoje, com parte da sua formação original que inclui o bateria
Donald Johnson.


Emerald Sapphire & Gold
Também conhecida como ESG, surgiu no sul do Bronx em 1978, influenciada por diversos
gêneros, do hip hop ao post-punk. A banda era originalmente formada pelas irmãs Renne,
Marie e Valerie Scroogins.


Majesty Crush
É uma banda de shoegaze de detroit, formada pelo baterista Odell Nails, também integrante
do Spahn Ranch (que falaremos mais abaixo) e pelo vocalista Hobey Echlin.


Glorious Din
É considerada uma lenda na cena post-punk de São Francisco, liderada pelo vocalista Eric Cope, nascido no Sri Lanka, é tão fã do estilo musical que batizou o seu filho de Ian Curtis (Joy Division).


Spahn Ranch
A banda de post punk nasceu no underground de Detroit durante os anos 80. Há pouquíssima informação sobre ela na mídia, mas sabemos que era formada pelo baterista Odell Nails e companhia.


Colourbox
De 82 a 87, a banda inglesa lançou diversos EPs, tendo em seus vocais Debbian Cury até 1983.


A.R. Kane
Dupla britânica formada em 1986 por Alex Ayuli e Rudy Tambala, que também descreve seu
som como "dream pop".


The Veldt

A banda é uma das pioneiras do shoegaze, surgiu no início dos 90, e tem na sua formação
o vocalista Daniel Chaves e o baterista Marvin Levi.


Fred "Freak" Smith
Foi guitarrista na banda de gotico Strange Boutique, na de "gueto metal" Blaxmyth, mas
sua banda mais famosa e reverenciada é a Beefeater, banda de post-hardcore de Washington DC.


Lost Tribe
Influenciada pelo deathrock e pelo post-punk, surgiu no início dos anos 90, e tem em sua
formação o músico Davey Bales nos vocais, conhecido por fazer parte de algumas outras bandas
de destaque.

The Wraith
Post-punk, Punk, Dark Punk e Deathrock são só algumas das influências desta banda que
nasceu em Los Angeles, e tem Davey Bales (Ex Lost Tribe e Shadow Age) nos vocais.


Shadow Age
Em 2013, a banda de post-punk foi fundada pelo vocalista Aaron Tyree e o tecladista Davey Bales
(Ex Lost Tribe, atual The Wraith) que saiu da banda em 2015.


Algiers
A banda, formada em 2007 na cidade de Atlanta, mistura post-punk e o gospel do
vocalista e guitarrista Franklin James Fisher.


O Children
Batizado em homenagem a música da banda Nick Nick Cave and the Bad Seeds, o grupo
britânico tem nos vocais Tobias O'Kandi e total influência do post-punk em sua sonoridade.


She Wants Revenge
Formada em 2005, a banda é liderada pelo vocalista Justin Warfield, descendente de
afro-americanos, russos, judeus e romenos.


Light Asylum
É uma dupla que em sua formação tem a vocalista Shannon Funchess. Fundada no Brooklyn
em 2010, incorpora em seu estilo influencia de darkwave, synthpop, post-punk, sendo
comparada com Nine Inch Nails e Depeche Mode.


Mount Sims
É o nome artístico do DJ, performance e produtor alemão, Matthew Sims. Suas influências vão
do post-punk ao darkwave. Ficou interessado nas bandas? Então, segue a playlist que preparamos no spotify e entra no clima.

Fontes: Post-Punk.com, Ok Africa, Wikipedia e paginas oficias das bandas nas redes sociais.

0 Comentários

O mais antigo